O que é depressão e como tratar? Psicologa SP

{ “@context” : “http://schema.org”, “@type” : “QAPage”, “mainEntity” : { “@type” : “Question”, “name” : “O que é depressão”, “answerCount” : “1”, “acceptedAnswer” : { “@type” : “Answer”, “text” : “Para Straton e Hayes (1994) a depressão é: \”Um estado reduzido de funcionamento psicológico, frequentemente associado a um estado de infelicidade\” (p. 61)”, “upvoteCount” : “01”, “url” : “https://www.psicologiasemfronteiras.com.br/p/blog-page_10.html” }, “suggestedAnswer” : { “@type” : “Answer”, “text” : “Tal estado é acompanhado por sintomas físicos: lentificação motora, alterações do apetite, do sono, cansaço; e sintomas psíquicos: ideação de culpa, remorso, menos – valia, etc.”, “upvoteCount” : “01”, “url” : “https://www.psicologiasemfronteiras.com.br/p/quando-procurar-terapia.html” }, “text” : “O que a depressão não é: Não é aquela tristeza passageira, que sentimos quando algo sai errado; isto é frustração; Não é aquele estado de reflexão que muitas vezes mergulhamos e nos remete ao vazio existencial; isto é o recolhimento. No senso comum, é um termo utilizado para referir-se a um sentimento incomum de infelicidade, porém, a depressão é muito mais que isto: é uma doença que remete a um estado de \”quase-morte psíquica\”, de apatia, e deve ser tratada com medicação e psicoterapia. Não basta mudar o pensamento para \”algo mais positivo\”; não basta apenas um ato de vontade para se curar, pois os depressivos têm comprometimento da volição, ou seja, perdem a vontade. Não basta \”sair para viajar\”, pois a depressão é um estado de sofrimento interno que irá acompanhar o paciente por onde quer que ele vá. Aceitar que é uma doença, torna o tratamento e a recuperação mais fáceis. Como é feito o diagnóstico O Diagnóstico da depressão é feito por psicólogos e/ou psiquiatras, por meio da aplicação de Escalas de avaliações, testes, atividades reflexivas. Evite o autodiagnóstico. Se suspeitar que algo não está bom em você, que seus sentimentos estão embotados, que está apático(a), sem apetite,com sono em excesso, sem ânimo pra nada, procure um psiquiatra e um psicólogo” } }



O que é Depressão? Como tratar?


Embora muito se fale sobre Depressão, creio que alguns esclarecimentos científicos devam ser feitos, a fim de que possamos compreender adequadamente este transtorno. Ser depressivo não é simplesmente ser triste; a depressão é algo muito maior que  isso: é a “perda de um objeto interno”, algo como uma morte em vida. Para Straton e Hayes (1994) a depressão é:  “Um estado reduzido de funcionamento psicológico, frequentemente associado a um estado de infelicidade” (p. 61)

Características da Depressão

Tal estado é acompanhado por sintomas físicos: lentificação motora, alterações do apetite, do sono, cansaço; e sintomas psíquicos: ideação de culpa, remorso, menos – valia, etc. Conforme o Datasus aponta:

F32 Episódios depressivos Nos episódios típicos de cada um dos três graus de depressão: leve, moderado ou grave, o paciente apresenta um rebaixamento do humor, redução da energia e diminuição da atividade.
Existe alteração da capacidade de experimentar o prazer, perda de interesse, diminuição da capacidade de concentração, associadas em geral à fadiga importante, mesmo após um esforço mínimo. Observam-se em geral problemas do sono e diminuição do apetite.
Existe quase sempre uma diminuição da auto-estima e da autoconfiança e freqüentemente idéias de culpabilidade e ou de indignidade, mesmo nas formas leves.  O humor depressivo varia pouco de dia para dia ou segundo as circunstâncias e pode se acompanhar de sintomas ditos “somáticos”, por exemplo perda de interesse ou prazer, despertar matinal precoce, várias horas antes da hora habitual de despertar, agravamento matinal da depressão, lentidão psicomotora importante, agitação, perda de apetite, perda de peso e perda da libido.
O número e a gravidade dos sintomas permitem determinar três graus de um episódio depressivo: leve, moderado e grave.

(Fonte: http://www.datasus.gov.br/cid10/V2008/WebHelp/f30_f39.htm. Acesso em 01/07/2019) De acordo com o DSM-V:

A característica comum desses transtornos é a presença de humor triste, vazio ou irritável, acompanhado de alterações somáticas e cognitivas que afetam significativamente a capacidade de funcionamento do  indivíduo. O que difere entre eles são os aspectos de duração, momento ou etiologia presumida. (DSM-V, p 155)

O que a depressão não é:

Não é aquela tristeza passageira, que sentimos quando algo sai errado; isto é frustração; Não é aquele estado de reflexão que muitas vezes mergulhamos e nos remete ao vazio existencial; isto é o recolhimento.  No senso comum, é um termo utilizado para referir-se a um sentimento incomum de infelicidade, porém, a depressão é muito mais que isto: é uma doença que remete a um estado de “quase-morte psíquica”, de apatia, e deve ser tratada com medicação e psicoterapia.  Não basta mudar o pensamento para “algo mais positivo”; não basta apenas um ato de vontade para se curar, pois os depressivos têm comprometimento da volição, ou seja, perdem a vontade.  Não basta “sair para viajar”, pois a depressão é um estado de sofrimento interno que irá acompanhar o paciente por onde quer que ele vá.  Aceitar que é uma doença, torna o tratamento e a recuperação mais fáceis.

Como é feito o diagnóstico

O Diagnóstico da depressão é feito por psicólogos e/ou psiquiatras, por meio da aplicação de Escalas de avaliações, testes, atividades reflexivas. Evite o autodiagnóstico. Se suspeitar que algo não está bom em você, que seus sentimentos estão embotados, que está apático(a), sem apetite,com sono em excesso, sem ânimo pra nada, procure um psiquiatra e um psicólogo.

Tratamento da Depressão

o Tratamento da depressão é feito sempre com acompanhamento psiquiátrico e psicoterapia; pois a medicação ajuda a aliviar os sintomas físicos, e a psicoterapia a compreender quais os mecanismos que desencadeiam o estado depressivo. Referências CID-10. Disponível em http://www.datasus.gov.br/cid10/V2008/WebHelp/f30_f39.htm. Acesso em 01/07/2019) Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais [recurso eletrônico] : DSM-5 / [American Psychiatric Association ; tradução: Maria Inês Corrêa Nascimento … et al.] ; revisão técnica: Aristides Volpato Cordioli … [et al.]. – 5. ed. – Dados eletrônicos. – Porto Alegre : Artmed, 2014. STRATON, Peter; HAYES, Nicky. Dicionário de Psicologia. São Paulo. Ed. Pioneira; 1994.

❖ Terapia Presencial ou Online – Psicóloga Credenciada do CRP-SP para realizar terapia online

Saiba o que acontece Quando a terapia funciona

Psicologa Clínica, na Vila Mariana, zona sul sp.

Terapia Online e presencial.

Rua Domingos de Moraes, 770 Bloco 01 – Sala 05 – Sobreloja (SL) Metrô Ana Rosa

Em frente ao McDonalds

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, convido a vir conhecer meu trabalho, ou indicar a quem precisa.

A Terapia serve para que as pessoas tenham ajuda emocional, apoio psicológico para lidar com problemas da vida em geral, como ansiedade, depressão, fim de relacionamento, luto, amor patológico, etc. 

Quem pode se beneficiar da Psicoterapia: pessoas em geral, não necessariamente pessoas com transtornos mentais.

Agende uma consulta Gratuita psicológica clicando aqui

Quando  procurar terapia?

 (presencial ou online)

Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. 

Existem fases da vida que realmente é muito difícil atravessar sozinho (a).

E nestas fases, parece que os amigos somem, o trabalho fica mais difícil e a solidão bate forte.  

Além disso, nossas forças físicas parecem diminuir, o pensamento fica disfuncional e os sentimentos tendem a ficar cada vez mais confusos.

Geralmente as pessoas procuram terapia quando:

✦Apresentam problemas de relacionamento

  1. Crenças de desamparo ou  desamor;

  2. Dificuldade em superar um término de relacionamento;

  3. Dificuldade em aceitar uma traição;

  4. Querem manter um relacionamento feliz;

  5. Precisam se livrar de um amor doentio;

  6. Gostariam de aprender a amar;

  7. Querem identificar e se libertar de relacionamentos abusivos, abuso moral ou psicológico; 

  8. Não querem mais aceitar joguinhos amorosos, nem  Relacionamentos orbitais;

  9. Identificar Mecanismos de defesa nas relações afetivas;

  10. Lidar com perdas, abandonos e solidão.

✦Apresentam problemas de autoestima, autoimagem ou autoaceitação

  1. Estão em busca de autoconhecimento; autoaceitação;

  2. Buscam formas de resgatar sua autoestima;

  3. Querem viver sem a necessidade de máscaras;

  4. Querem evitar comparações;

  5. Não se consideram suficientemente inteligentes.

  6. Querem aprender a viver com mais autenticidade.

✦Apresentam sinais e sintomas de transtornos mentais

  1. Ansiedade crônica;

  2. Depressão leve moderada ou grave;

  3. Transtorno de personalidade: Bipolar, Borderline, Esquiva, Paranóide.

✦Apresentam formas disfuncionais de pensar e agir

  1. pensamentos obsessivos, distorcidos intrusivos ou recorrentes;

  2. ideação suicida,  automutilação, agressividade exagerada.

  3. Insônia;

  4. oscilação de humor;

  5. Compulsão alimentar;

  6. Uso abusivo de álcool e/ou entorpecentes.

✦Buscam uma reforma íntima:

  1. Querem se livrar de alguns sentimentos ruins como a  inveja, a culpa, a raiva, o ciúme;

  2. Entenderam que é hora de superar a carência afetiva,  e a dependência emocional

  3. Precisam perdoar, superar e esquecer eventos traumatizantes;

  4. Querem aprender a se importar menos com o que os outros pensam  a seu respeito; 

  5. Querem compreender a diferença entre expectativas e ilusões.

✦Apresentam problemas de estresse no trabalho

  1. Precisam aprender a não romantizar trabalho.

✦Precisam aprender novas habilidades sociais

  1. Aprender a dizer não

  2. Superar a Dificuldade de relacionamentos e de comunicação

  3. Superar a dificuldade demonstrar sentimentos

  4. Identificar e lidar com chantagem emocional;

  5. Identificar e demonstrar Sentimentos reprimidos.

✦Se você busca *Psicólogos de preço acessível*, saiba que eu disponibilizo atendimento acessível em alguns dias. Entre em contato para conhecer as condições.


Leia também:   

10 motivos para fazer terapia

Mitos e verdades sobre a Psicoterapia.

Como funciona uma sessão de terapia

Pra que serve a Terapia?

Quando a terapia funciona

Como escolher Bons PSICÓLOGOS

Psicologia online

Você é uma pessoa especial

O que esperar de um Psicólogo


O psicólogo hoje tem uma função mais ativa na sociedade. É um profissional que oferece ajuda emocional, afetiva e racional; que ajuda as pessoas a entenderem seus medos, suas raivas, seu stress cotidiano; que ensina a expressar sentimentos como amor, raiva, indignação; que ampara na hora da dor; que motiva; que mostra ao outro suas potencialidades, convertendo defeitos em qualidades, medo em coragem, tristeza em alegria, raiva em amor.

Pode ser que alguns textos da minha autoria lhe interessem:

  1. Abra-se ao amor sem medo de ser feliz

  2. Amor custa caro

  3. Amor Patológico – Amor doente

  4. Amor sem limites

  5. Declarações de Amor

  6. Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

  7. O amor correspondido

  8. O mito do Amor romântico

  9. Pessoas românticas

  10. Por que dizer “EU TE AMO” é tão difícil

  11. Reconciliações

  12. Será que você ama?

  13. Vamos Falar Sobre AMOR?

  14. Você sabe amar?

  15. Você se sente amada (o)?

  16. Você tem medo de amar?


terapia cognitiva comportamental zona sul,

consulta com bons psicólogos em SP,

psicólogos da zona sul de sp,

psicólogos Amil,

psicólogos Bradesco sp,

Psicologa Clínica em São Paulo SP,

psicólogos Sulamérica,

Psicóloga Online,

Psicóloga e terapia infantil,

Psicóloga sp,

Psicóloga vila mariana,

Psicólogo sp,

Psicóloga paraiso,

Terapia de casal,

Atendimento Via WhatsApp,

Atendimento social em psicologia

terapia cognitiva comportamental zona sul,

psicólogos Amil,

psicólogos Bradesco sp,

Psicologa Clínica em São Paulo SP,

psicólogos Sulamérica,

Psicóloga Online,

Psicóloga e terapia infantil,

Psicóloga sp,

Psicóloga vila mariana,

Psicólogo sp,

Psicóloga paraiso,

Terapia de casal,

Atendimento Via WhatsApp,

Atendimento social em psicologia

terapia cognitiva comportamental zona sul,

Psicologa em SP. Atendemos Adultos e Crianças. Terapia Casal, familiar. Atendo na Zona Sul de SP.

Agende uma consulta. Terapia Infantil. Agende uma Consulta. Cognitivo Comportamental. Psicóloga na Zona Sul.

Agende uma consulta gratuita. Tratamento depressão, ansiedade, pânico. Terapia infantil, Terapia individual e de casal. Psicóloga Vila Mariana SP. At convênio, reembolso.

Psicóloga Vila Mariana SP. Terapia online e presencial. Acolhimento humanizado e acessível.

Tratamento depressão, tratamento para  Ansiedade. Terapia infantil, Casal, Individual, terapia sp.

Psicóloga em SP zona sul, psicoterapia Bradesco, psicologa online, terapia online, terapia preço acessível,psicóloga Amil vila mariana, psicóloga Sulamérica em sp.

Terapia Online e presencial,Acolhimento humanizado,Psicóloga SP,terapia cognitiva comportamental para ansiedade,terapia cognitiva da depressão,terapia cognitiva com casais,clinicas de psicologia em sp zona sul,psicologa comportamental sp,

Texto Redigido pela Psicóloga Maris V Botari. Quer copiar? Copie. Mas cite a fonte e coloque um link apontado para o texto original. Lembre-se que Plágio é crime previsto na lei 9610/98

Não faça plágio. você poderá ser denunciado

#depressão #DoençasPsicológicas #psicóloganavilamarianasp #psicologasp

0 visualização0 comentário