top of page

Como lidar com as frustrações


Como lidar com as frustrações


Em algum momento da vida nos deparamos com obstáculos que impossibilitam a execução de uma tarefa, ou a conclusão de um projeto; nestes casos, a frustração pode ocorrer, dependendo da quantidade de investimento emocional envolvida.


No primeiro momento, há uma ideação: você planeja algo que poderá lhe agregar algum ganho material e/ou afetivo, e investe seu tempo, dinheiro e emoção para conseguir levar adiante seus anseios. 


Nesta fase, em geral, é comum que os indivíduos busquem informações sobre como conseguir êxito.


No segundo momento, os obstáculos aparecem, e o sentimento de frustração pode aparecer, seguido ou não de raiva.


Situações mais frequentes:


Frustração no trabalho:


Exemplo – Possibilidade de promoção que não ocorreu: a vaga prometida foi preenchida por outro colega. 


Neste caso, alguns indivíduos tendem a questionar sua formação, sua competência e até mesmo seu caráter, o que pode gerar confusão de identidade, tanto pessoal, quanto profissional. 


Surgem questionamentos do tipo: \”será que estou na profissão certa?\” \”se eu tivesse agido desta ou daquela forma teria conseguido?\”


Estes questionamentos, em geral levam ao rebaixamento da autoestima e à distorções cognitivas (pensamentos equivocados).


Como lidar:

Tente analisar a situação de forma racional e com certo distanciamento: \”Será que eu estava devidamente preparado para aquela vaga?\”; \”Faltou comunicação?\”; \”Eu esperei demais?\”.


Tente argumentar com os responsáveis de maneira sensata, sem vitimização: 


”Eu entendo que outra pessoa foi promovida para a vaga, mas gostaria de saber quais as habilidades necessárias para o cargo, para que eu possa adquiri-las, e quem sabe, merecê-la, no futuro”.


Evite situações que envolvam sentimentalismo e ou pessoalidades: o simples fato do chefe almoçar com você, não significa que você será promovido. Outras habilidades contam, nestes momentos.


A raiva pode levar alguns indivíduos a autossabotagem, impedindo-os de executarem suas funções com a responsabilidade exigida. 


É compreensível, que algumas pessoas tenham dificuldades em lidarem com a promoção de um colega que não gostem. Esta dificuldade pode se relacionar com o sentimento de diminuição perante o outro. 


Uma alternativa para lidar com isso é rever os sentimentos em relação ao ambiente de trabalho, às tarefas, etc., reduzindo a importância do trabalho na sua vida, buscando fora do trabalho, outras formas de gratificação.



Frustrações no amor


Quando um indivíduo conhece alguém que lhe desperte interesse, é comum que passe a idealizar situações gratificantes que possam ser vivenciadas a dois, onde os interesses possam ser compartilhados.


Esta busca pelo prazer é uma condição do ser humano, porém nem todas as situações se desenrolam da forma que foram idealizadas: o parceiro (a) afetivo pode deixar a desejar na forma como estabelece contato (frequência, meio de comunicação), na forma como se veste, como fala, como pensa, como age, etc. Isto pode gerar grandes ou pequenas frustrações.


Salvo algumas  exceções, estas frustrações só ocorrem porque houve idealização excessiva em algum momento. 


E isto tem relação com a expectativa exagerada de encontrar alguém que \”preencha um vazio\”.


 Ora, esperar que o outro supra déficits que nos pertençam é sempre o caminho mais curto para chegar a frustração, pois não se deve colocar a responsabilidade pelo bem estar emocional nas mãos de quem quer que seja.


No entanto, algumas frustrações nesta área da vida surgem como surpresa: de repente, o parceiro (a) foi pego cometendo um ato reprovável, como traição ou algo que assuma proporções inesperadas. 


Neste caso, não se trata de idealização excessiva, mas sim, de quebra de confiança,  que coloca a relação em xeque. Lidar com estas frustrações não é tarefa fácil uma vez que a imagem do parceiro (a) terá que ser reconstruída e este processo é longo, e nem sempre vale a pena. 


As vezes é melhor romper a relação, vivenciar o luto e seguir adiante.


Frustrações na vida acadêmica


Na vida de estudante, as frustrações são algo corriqueiro para quem espera um bom desempenho. As vezes, os alunos dão o melhor de si, e mesmo assim, não conseguem boas notas.


Nestes casos, a única forma de lidar com as frustrações é pensar em fazer o que for possível para conseguir a aprovação, sem tentar ser o melhor da sala ou superar o colega. Focar nos próprios estudos e no próprio desempenho é uma boa alternativa.


Conclusão.


A Frustração é o sentimento inerente ao desejo não realizado, ocorrendo sempre que uma idealização ou expectativa foi abortada. A raiva pode surgir como emoção colateral.


As formas mais indicadas de lidar com situações frustrantes são: mudança de foco, busca de novas alternativas, assumir a responsabilidade pelos próprios atos.





Com a Terapia Online, não existe mais distância entre você e o Psicólogo



Existem fases da vida que realmente é muito difícil atravessar sozinho (a).


E nestas fases, parece que os amigos somem, o trabalho fica mais difícil e a solidão bate forte.  Além disso, nossas forças físicas parecem diminuir, o pensamento fica disfuncional e os sentimentos tendem a ficar cada vez mais confusos. 



❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖❖

Psicóloga Presencial e Online em São Paulo


Psicóloga Maris

◈Saiba o que esperar de uma psicóloga







◈ Se chegou aqui, certamente busca uma  PSICOLOGA, PSICOLOGO, psicoterapia, terapia online ou presencial ou tratamento para sua ansiedade, depressão, estresse ou dificuldade de relacionamento, terapia de casal, terapia infantil







Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia  (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar a compreender e superar estas fases.

Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior*


◈ Estou a disposição para atender sua queixa e acolher suas demandas A Terapia serve para que as pessoas tenham ajuda emocional, apoio psicológico para lidar com problemas da vida em geral, como DepressãoAnsiedade (TAG),  estress, Transtorno do Estresse pós traumático (TEPT), Dificuldade de relacionamento, fobia social, dificuldade em demonstrar sentimentosluto, ciúme patológico, dificuldade de vinculação, sentimento de solidão excessiva,  dificuldades escolares, de contração, de prestar atenção, de memorizar; Apoio emocional e psicológico para superação Término de relacionamento  e traumas de infância, carência afetiva crônica.necessidade de aceitação, superação de episódios de traiçãoTDAH, Terapia Cognitivo ComportamentalTerapia de Casal:Terapia IndividualTerapia InfantilDificuldade de relacionamentos, de comunicação,   de expressar sentimentos,  de manter relacionamentos afetivos, de comunicação,   de tomar decisões, etctranstorno de personalidade: Bipolar, Borderline, Esquiva, Paranóide, pensamentos obsessivos, distorcidos intrusivos ou recorrentes;



Psicóloga São Paulo SP. 

Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual

Acolhimento humanizado Psicoterapia

Terapia Online Por Whatsapp Ou Presencial



Entenda como funciona uma sessão de terapia.



r um problema de cada vez. Indicada para casos de depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento, estresse e para quem quer perder peso.




Terapia para que os casais possam compreender melhor a si mesmos, buscando a compreensão do relacionamento e resgatando os motivos que os uniram.




Psicologa Online: faça terapia pela internet a qualquer hora, em qualquer lugar. 

Fazer terapia é sempre muito bom.

Resgata o bem estar, promove a paz interior e ajuda a deixar a vida mais leve.


❖Tratamento psicológicos


Transtorno de Humor



Ansiedade


Ansiedade crônica, Ansiedade generalizada, transtorno do estresse, estresse pós-traumático transtorno obsessivo compulsivo (TOC).


Fobias

Fobias em geral, síndrome do pânico.


Relacionamentos


Vícios

Compulsões por comida, trabalho, compras e outras. Vício em celular, FOMO e dependência química.


Problemas de Sono

Insônia e Hipersonia não-orgânica.


Personalidade


Desenvolvimento pessoal


Necessidade de aceitação, Baixa autoestima, desmotivação, estresse, dificuldade em tomar decisões, sentimento crônico de vazio, pensamentos obsessivos, ideação suicida, comportamento de automutilação, dificuldade de se expressar, insegurança, indecisão, auto cobrança excessiva e instabilidade emocional.


Sentimentos

Lidar com sentimento de culpaSentimentos reprimidos, Dificuldade de demonstrar afeto, Carência afetiva, Dependência emocional e afetiva,


Trabalho e Carreira

Estresse   Dificuldades de relacionamento no trabalho, desenvolvimento e/ou escolha da carreira, problemas no trabalho, 


Estudos

Dificuldade de aprendizagem, TDAH



Geralmente as pessoas procuram terapia quando:

Apresentam problemas de relacionamento

  1. Crenças de desamparo ou  desamor;

  2. Dificuldade em superar um término de relacionamento;

  3. Dificuldade em aceitar uma traição;

  4. Querem manter um relacionamento feliz;

  5. Precisam se livrar de um amor doentio;

  6. Gostariam de aprender a amar;

  7. Querem identificar e se libertar de relacionamentos abusivos, abuso moral ou psicológico; 

  8. Não querem mais aceitar joguinhos amorosos, nem  Relacionamentos orbitais;

  9. Identificar Mecanismos de defesa nas relações afetivas;

  10. Lidar com perdas, abandonos e solidão.

Apresentam problemas de autoestima, autoimagem ou autoaceitação





  1. Estão em busca de autoconhecimento; autoaceitação;

  2. Buscam formas de resgatar sua autoestima;

  3. Querem viver sem a necessidade de máscaras;

  4. Querem evitar comparações;

  5. Não se consideram suficientemente inteligentes.

  6. Querem aprender a viver com mais autenticidade.

Apresentam sinais e sintomas de transtornos mentais





Apresentam formas disfuncionais de pensar e agir





  1. pensamentos obsessivos, distorcidos intrusivos ou recorrentes;

  2. ideação suicida,  automutilação, agressividade exagerada.

  3. Insônia;

  4. oscilação de humor;

  5. Compulsão alimentar;

  6. Uso abusivo de álcool e/ou entorpecentes.






  1. Querem se livrar de alguns sentimentos ruins como a  inveja, a culpa, a raiva, o ciúme;

  2. Entenderam que é hora de superar a carência afetiva,  e a dependência emocional

  3. Precisam perdoar, superar e esquecer eventos traumatizantes;

  4. Querem aprender a se importar menos com o que os outros pensam  a seu respeito; 

  5. Querem compreender a diferença entre expectativas e ilusões.






Precisam aprender novas habilidades sociais






  1. Aprender a dizer não

  2. Superar a Dificuldade de relacionamentos e de comunicação;

  3. Superar a dificuldade demonstrar sentimentos

  4. Identificar e lidar com chantagem emocional;

  5. Identificar e demonstrar Sentimentos reprimidos.

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, convido a vir conhecer meu trabalho, ou indicar a quem precisa.


A Terapia serve para que as pessoas tenham ajuda emocional, apoio psicológico para lidar com problemas da vida em geral, como ansiedade, depressão, fim de relacionamento, luto, amor patológico, etc. 

Quem pode se beneficiar da Psicoterapia: pessoas em geral, não necessariamente pessoas com transtornos mentais.




  1. ⭐⭐⭐⭐⭐ Blog da Psicóloga SP

  2. 10 motivos para fazer terapia

  3. Ajuda Emocional

  4. Como encontrar o psicólogo certo

  5. Como saber se você precisa de terapia?

  6. Endereço do Consultório de Psicologia

  7. Há sempre algo que um psicólogo pode fazer

  8. Informações sobre Psicoterapia

  9. Onde tem atendimentos com Psicólogos Gratuitos?

  10. Para quem nunca fez psicoterapia

  11. Psicóloga em São Paulo, sp

  12. Psicóloga por Whatsapp: sempre com você

  13. Psicologa Vila Mariana em SP

  14. Psicólogos para problema de relacionamento

  15. Psicoterapia como funciona a 1a. sessão

  16. Psicoterapia é evolução, não é castigo nem punição

  17. Quando a terapia funciona

  18. Quando procurar terapia online

  19. Quando procurar terapia?

  20. Quanto custa uma consulta com Psicólogos em SP em 2020

  21. Terapia Cognitivo Comportamental

  22. Terapia de Casal

  23. Terapia Online: Uma alternativa excelente

  24. Terapia para compulsão alimentar

  25. Terapia para Modificação do comportamento

  26. Tratamento para dificuldade de relacionamento

  27. Tratamentos Psicológicos



Kommentare


bottom of page